25 Anos da APAA

Nos 25 Anos da APAA um pequeno historial PDF

A Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores - APAA comemora em 2001, 25 anos de existência. A nossa Associação foi fundada em 25 de Junho de 1976. A escritura pública foi efectuada na Secretaria Notarial de Sintra tendo comparecido como outorgantes: Rui Fernando Morna; Joaquim Soares Garcia; José da Cruz Madaleno; Maria Aliete Garcia e Miguel Augusto Tavares. A APAA teve inicialmente como sede provisória a residência de um dos outorgantes na Rua de S. Bruno nº 25 em Caxias. Pouco tempo depois a sede seria transferida para a Rua Alexandre Herculano, nº 57, 4º Dto, 1250 Lisboa, mantendo-se até aos nossos dias neste mesmo local.

O principal objectivo da APAA, constante do artigo primeiro dos estatutos, é o de reunir todas as pessoas interessadas eórica ou praticamente pela Astronomia e promover a sua expansão e divulgação. Este objectivo mantém-se inalterado passados 25 anos. A APAA tem contribuído muito significativamente para o desenvolvimento da Astronomia da Amadores em Portugal através de um conjunto de actividades muito diversificadas.

No seu 25º ano de existência a APAA levou a efeito diversas iniciativas de que se destacam: (1) a organização do 3º encontro de Astrónomos Amadores, que decorreu em 24 e 25 de Março de 2001 no Visionarium (Sta. Maria da Feira) e
(2) a reconstrução de um observatório astronómico situado na área de Lisboa.
O principal objectivo do referido 3º encontro foi o de reunir os astrónomos amadores portugueses de forma a dar a conhecer os trabalhos realizados nesta área e promover o intercâmbio de ideias e troca de experiências acumuladas. Foi constituído por apresentações orais com uma duração de 15 a 20 min seguidas de debate.
Realizou-se uma mesa redonda para promover o debate sobre o passado e o presente da astronomia de amadores em Portugal. Foram igualmente promovidas sessões de demonstração de material utilizado pelos astrónomos amadores (e.g. instrumentos de observação, equipamento, software, etc).

A APAA, ao abrigo de um protocolo de cooperação celebrado com o Planetário Calouste Gulbenkian, colaborou activamente na reconstrução de um observatório astronómico situado em Belém no recinto do Planetário e do Museu de Marinha.
O referido observatório foi inaugurado no dia 25 de Outubro de 2000 pelo então Ministro da Defesa Nacional Dr. Júlio Castro Caldas. Esta cerimónia foi incluída nas comemorações do 35º aniversário do Planetário Calouste Gulbenkian. Ao observatório foi dado o nome do Comandante Eugénio Conceição Silva (1903/1969), 1º director do Planetário e astrónomo amador de renome internacional. O Cte. E. Conceição Silva foi o pai da astronomia de amadores em Portugal. Nas décadas de 40 e 50 desenvolveu um trabalho notável tendo realizado inúmeras observações de estrelas variáveis, estrelas duplas e objectos do céu profundo. As suas astrofotografias foram publicadas em numerosas revistas da especialidade. A APAA compilou recentemente toda esta informação em formato CD-Rom (http://www.astrosurf.com/re/silva.html).
No observatório foi instalado um moderno telescópio computorizado (Meade LX200 8”) que será utilizado em diversos projectos de observação. O referido telescópio pode ser controlado remotamente a partir do primeiro piso. Apesar de estar situado num ambiente urbano o telescópio será sobretudo utilizado no registo fotográfico de objectos do sistema solar (Lua, planetas, cometas, asteróides) e Supernovas.

Os 25 anos da APAA foram recentemente comemorados (9 de Novembro de 2001) com um jantar em que participaram cerca de 3 dezenas de associados. Seguiu-se uma visita ao observatório Comandante Conceição Silva. Durante o jantar foram sorteados diversos CD-Roms, Livros e um telescópio Meade ETX70C.

A APAA conta actualmente com mais de 1000 associados e pretende continuar a promover e divulgar a Astronomia de Amadores em Portugal. Publica uma revista trimestral, “Astronomia de Amadores” cujo número comemorativo dos 25 anos de existência saiu recentemente.

Categoria: APAA